Single Blog Title

This is a single blog caption
4 jul

Radiofrequência facial para remodelar o rosto

Testamos o tratamento que promete uma melhora na aparência da pele, no consultório da Dra. Monica Batista Biomédica Esteta, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro
lgumas mulheres se incomodam pelo fato de estarem com o rosto mais inchado em certos dias. Assim como a pele do corpo, que retém líquidos, a derme facial também pode passar pelo mesmo processo. E, para amenizar esse fator, um tratamento facial vem chamando atenção do mercado de beleza nos últimos anos: a radiofrequência, que para os especialistas em estética vem se tornando uma ótima aliada, por trazer resultados satisfatórios, sem a necessidade do paciente recorrer à procedimentos invasivos, remodelando com eficácia a face de maneira segura, sem dor e de forma natural e duradoura.

Dessa vez fui testar a Radiofrequência Facial com a biomédica esteta Monica Batista, que atende em seu consultório na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, e saber mais detalhes sobre o tratamento que promete o aumento de produção de fibras, colágeno e elastina, deixando a pele mais firme e rejuvenescida, através do aparelho de radiofrequência aplicado sobre a derme. “Ele eleva a temperatura da pele para aproximadamente 42ºC. O choque entre as temperaturas faz com que as fibras de colágeno se contraiam, dando mais firmeza à pele, deixando-a mais viçosa, firme e rejuvenescida depois de algumas sessões”, explica à Vogue.
Foram cinco sessões espaçadas em 10 dias dando ênfase ao meu maxilar e funciona assim: Após a limpeza profunda da pele e a aplicação de gel, a especialista desliza o aparelho de radiofrequência em movimentos circulares acompanhando a temperatura com um termômetro por cerca de 60 minutos onde alterna entre temperatura elevada e temperatura amena, para depois retirar o gel e tonificar a área tratada.

O aparelho tem potências diferentes, que são aplicadas de acordo com cada caso. Para reduzir papadas ou remodelar o maxilar, por exemplo, são utilizadas duas frequências para estimular o colágeno e dar sustentação. “Essa elevação da temperatura rompe as membranas de gordura e possibilitam sua eliminação”, explica a biomédica esteta. O resultado foi aparentemente discreto na primeira sessão mas senti a minha pele, sim, mais firme e viçosa, a remodelação em si pôde ser vista a partir da segunda sessão no qual deixou meu rosto mais harmônico e drenado. Indico muito para jovens de 20 a 30 anos, como eu, que se preocupam com o bem-estar e beleza e querem evitar sinais precoces de envelhecimento. Ele é ótimo para adiar a vontade de procurar saber mais sobre botox pois ele é um grande estimulador de colágeno.

A especialista ressalta ainda alguns outros benefícios entre os quais, a melhora da qualidade do colágeno e da elastina, a microcirculação, a redução de gordura localizada na papada, diminuição das rugas, mais hidratação e consequentemente uma melhora para a aparência da pele. Algumas regiões especialmente indicadas para a radiofrequência facial são ao redor dos olhos e da boca, testa, maças do rosto, queixo e papada que são áreas onde a pele tende a ficar mais flácida e surgem rugas e linhas de expressão no qual a Radiofrequência Facial é expert em amenizar e evitar.

O tratamento é voltado para pessoas que buscam aperfeiçoamento estético e cuidados não invasivos com a pele, não tem contraindicações, apenas usuários de marca-passo e gestantes não devem se submeter ao procedimento.

Texto:redação

Fonte:vogue.globo.com

Lake Vilas Charm Hotel & Spa

EnglishPortuguese