Lake Vilas Charm Hotel


Blog

5 Dicas para preservar a saúde no ambiente de trabalho

25 de abril de 2018

dicas-para-preservar-a-saude-no-ambiente-de-trabalho-1

 

Cuidar da postura e da alimentação não exige muito esforço

Mais de 116 mil brasileiros tiveram que se ausentar do emprego, por pelo menos 15 dias, em função de dores nas costas. Os números são de 2016 e foram concedidos pelo Governo Federal. Esse dado alerta para a importância de se preservar a saúde no ambiente de trabalho.Como preservar a saúde no ambiente de trabalho
Má postura, falta de ergonomia e estresse são algumas das causas do afastamento de trabalhadores. Por isso, é necessário tomar medidas que minimizem o impacto das tarefas diárias. E algumas são bem simples. A seguir, veja como conquistar mais qualidade de vida durante o expediente.

Ergonomia
Se você passa o dia em frente ao computador, certifique-se de que a estação de trabalho esteja regulada adequadamente. A poltrona deve ter ajuste de altura e apoio para os braços. Já a tela precisa estar no mesmo nível dos seus olhos, para que sua cabeça e seus ombros não fiquem curvados.
Empresas que utilizem notebooks podem instalar suportes para elevar o equipamento. Assim, a equipe consegue realizar tarefas com mais conforto, sem forçar a postura ou a vista.

Alongamento
Outro problema recorrente são os movimentos repetitivos. Essa é a realidade não só de escritórios, mas também da indústria e do comércio de bens e serviços. Um repositor de mercadorias de um supermercado precisa carregar peso o tempo todo. Cabeleireiros passam muitas horas em pé, também, em posições pouco confortáveis.
A solução para evitar problemas crônicos é investir em sessões de alongamento. A ginástica laboral demanda apenas 15 minutos diários. Nesse tempo, faça exercícios indicados por um fisioterapeuta ou instrutor de Educação Física.

Pausas
Um item essencial para preservar a saúde no ambiente de trabalho é realizar pequenas pausas a cada hora. Não precisa ser um intervalo longo. Basta um minutinho para levantar-se da cadeira (ou sentar-se), buscar uma água e respirar outros ares.

Essa medida evita vícios de postura e serve para estimular a circulação sanguínea. Sem contar que uma pessoa descansada lida melhor com projetos complexos, como relatórios, planilhas e outras atividades que exijam esforço mental.

Alimentação
Na correria do horário comercial, é comum que muita gente mate a fome com biscoitos, salgados e outros lanches pouco nutritivos. Esse cardápio até que é mais prático. Porém, rico em sódio e açúcar, aumenta o risco de obesidade e problemas cardiovasculares.

Portanto, pense em alternativas saudáveis para sua marmita. Frutas, iogurtes e castanhas são opções com alta concentração de fibras e gorduras boas. Além de saciar o apetite, contribuem para regular o peso.

Meditação
Uma ameaça que ronda companhias de todos os segmentos é o estresse. Devido ao acúmulo de obrigações, muitos trabalhadores se sentem incapazes de entregar resultados e, em casos extremos, travam. Trata-se da chamada síndrome de burnout.

Esse comportamento também está ligado a complicações cardíacas, como infarto. Ou seja, tente desacelerar. Organize uma lista de tarefas e procure cumpri-las uma de cada vez. Caso a ansiedade bata, recorra a técnicas de respiração, como mindfulness e meditação ativa.

E então: acha que é possível preservar a saúde no ambiente de trabalho com essas dicas? Tem outra sugestão? Deixe um comentário!

Texto: redação

Fonte: viacarreira.com

Lake Vilas Charm Hotel & SPA