Lake Vilas Charm Hotel


Blog

5 dicas para promover o bem-estar no ambiente de trabalho

31 de outubro de 2017

bem estar no trabalho

Já foi comprovado: funcionários satisfeitos trabalham melhor. Por isso, investir em bem-estar no ambiente de trabalho é uma iniciativa indispensável para uma gestão de sucesso, seja qual for o porte da empresa. E é claro que melhorar a qualidade de vida no trabalho não depende apenas das mudanças promovidas pela empresa, mas também das atitudes dos funcionários. Por isso, é sempre indicado envolver toda a equipe nesse processo. Veja a seguir algumas ideias para promover a qualidade de vida no ambiente corporativo e procure a melhor forma de implantá-las em sua realidade com a ajuda dos colaboradores:

Ofereça um ambiente adequado

Pra começar a falar em bem-estar, é preciso checar se a empresa oferece os recursos e equipamentos necessários para que o funcionário consiga exercer bem a sua função. Além de aspectos básicos, como ergonomia e segurança, esse quesito envolve questões como iluminação adequada, condições ideais de temperatura do ambiente e ventilação.

Estimule a realização de atividades físicas

Uma das principais causas dos problemas de saúde atualmente é o sedentarismo. Por isso, além de oferecer um convênio médico, promova atividades físicas dentro da empresa. Valem pequenas sessões de ginástica ou mesmo caminhadas pelos corredores e exercícios de alongamento. A organização também pode estimular os funcionários a praticarem atividades físicas fora da empresa, patrocinando passeios de bicicleta, por exemplo, ou fechando um convênio com uma academia.

Cuide do clima organizacional

As questões comportamentais também devem ser levadas em consideração para promover o bem-estar no trabalho. É preciso perceber como o funcionário se sente, quais são seus incômodos, desafios e expectativas. Para chegar a essas repostas, podem ser aplicadas avaliações ou encontros com a equipe.

Com os dados em mãos, é hora de avaliar o que é possível fazer para atender aos seus anseios e dar um retorno para a equipe. Muitas vezes existem problemas pontuais nas relações entre funcionários, e vale a pena investir em ajuda profissional para conduzir a facilitação dos processos.

Adote a flexibilidade

No dia a dia de uma organização, muitos imprevistos acontecem, e sua capacidade de resolver problemas e improvisar é testada a cada momento. Se você gerencia uma equipe, a frequência com que essas questões aparecem é muito maior.

Antes de negar um pedido de um funcionário, por exemplo, avalie o caso individualmente e veja se é possível abrir uma exceção. Certamente ele lembrará do seu gesto e ficará grato — e isso refletirá em seu grau de satisfação com a empresa. Não se trata de oferecer privilégios a ninguém, mas avaliar situações com atenção e se empenhar em resolver caso por caso.

Entretanto, se o pedido do funcionário for prejudicar o trabalho da equipe, procure explicar a situação com calma, certificando-se que ele compreendeu a situação.

Dê bons exemplos

Um bom exemplo vale mais que mil reuniões. Por isso, o líder de uma equipe deve se dedicar a demonstrar o que espera dos funcionários praticando as atitudes que ele mesmo propõe. Comunique-se de forma clara e demonstre na prática como fazer.

Por exemplo: se a empresa resolveu investir em um programa de ginástica, esteja presente, participando pelo menos da aula inaugural. Se você espera que seu funcionário se envolva em algo, mostre que você também está envolvido.

Ricardo A. M. Barbosa é diretor executivo da Innovia Training & Consulting, professor de programas de pós-graduação em conceituadas instituições de ensino, Consultor em Gestão de Projetos há 15 anos e já atuou como executivo em grandes empresas como Ernst & Young Consulting; Wurth do Brasil; Unibanco; Daimler Chrysler.

Texto: Redação

Fonte: Innovia

Lake Vilas Charm Hotel & SPA