Lake Vilas Charm Hotel


Blog

Gordura visceral: Conheça os problemas que ela pode causar.

20 de julho de 2017

A gordura visceral ou gordura abdominal esta presente na maioria das pessoas hoje em dia.

obesidade

Por incrível que pareça, até mesmo aquelas pessoas que são magras.

A gordura visceral  se forma dentro do seu abdômen em torno dos órgãos e esse tipo de gordura trás inúmeros problemas de saúde.

Vejamos quais são eles:

1 – Diminuição da função pulmonar

Pesquisadores descobriram que uma grande circunferência da cintura está relacionada à diminuição do volume e função pulmonar.

Essa pesquisa foi feita com pessoas adultos, não fumantes que não apresentavam excesso de gordura abdominal.

Aqueles que tinham gordura abdominal. apresentaram um desempenho  mais pesado em testes de espirometria (medição de respiração).

A diminuição da função pulmonar pode levar a um estreitamento da via aérea e, em última instância, doenças pulmonares crônicas como a asma.

2 – Degeneração Arterial

Outro estudo feito em 2012 encontrou uma correlação significativa entre obesidade abdominal e alta incidência de artrosclerose e rigidez arterial.

Os pesquisadores estudaram pessoas com obesidade abdominal e obesidade geral, bem como também pessoas saudáveis.

Descobriram que por cada aumento de 0,1 na relação cintura a altura, as questões arteriais pioraram.

Essa tendência foi particularmente pronunciada em pessoas com excesso de gordura abdominal.

A degeneração arterial pode levar ao acidente vascular cerebral e a várias formas de doença cardíaca.

3 – Prejudica processo para regular o açúcar no sangue

Gordura visceral  é um tipo de gordura abdominal,  que produz uma série de hormônios que podem causar estragos no seu sistema metabólico.

Esses hormônios podem desencadear mudanças nos receptores de insulina em seu corpo.

O que significa que a insulina começa a se tornar menos efetiva para ajudar a regular o açúcar no sangue, e essa é uma das principais causas de diabetes.

4 – Demência e Doença de Alzheimer

O que acontece no seu intestino pode ter um grande efeito em seu cérebro.

Um estudo feito em 2010, descobriu que a presença de gordura visceral abdominal em geral, está ligada ao baixo volume cerebral.

O baixo volume cerebral,  tem sido associado à demência geral e também pode ser um fator contribuinte para a doença de Alzheimer.

5 – Colesterol alto

A gordura visceral pode ser transformada em ácidos graxos livres pelo corpo, o que resulta na produção de colesterol LDL (também conhecido como “ruim”), e triglicerídeos.

Além disso, os ácidos graxos livres também reduzem o nível de colesterol HDL (também conhecido como “bom”) do corpo.

Junto com a relação da obesidade abdominal com a degeneração arterial, os efeitos colaterais do excesso de gordura da barriga.

Se tornam um conjunto perfeito para doenças cardíacas, hipertensão arterial e acidente vascular cerebral.

Onde você deve armazenar a gordura é em grande parte determinado por seus genes, mas se você tem excesso de gordura abdominal este processo não funciona corretamente.

De acordo com os especialistas, exercícios são a melhor maneira de se livrar dessa gordura visceral.

É claro que você ainda deve manter uma dieta saudável pois isso o ajudará mais ainda.

Procure cuidar sempre do seu corpo, não só por questões estéticas. Mas principalmente para cuidar da sua saúde!

Texto: Redação

Fonte: Exame

Lake Vilas Charm Hotel & SPA