Lake Vilas Charm Hotel


Blog

8 Alimentos que Podem Proteger sua Pele dos Raios Solares

24 de abril de 2017

Além do uso do protetor solar, uma dieta saudável também pode auxiliar na diminuição dos danos causados pela exposição da pele ao sol

protetor

1. Para aproveitar o verão

São Paulo — O ator australiano Hugh Jackman pediu no início dessa semana que as pessoas usem protetor solar. Conhecido por seu papel como o personagem de quadrinhos Wolverine, o astro disse em sua conta no Twitter que está se recuperando de um tipo de câncer de pele. A recomendação de Jackman é algo que dermatologistas de todo mundo consideram essencial para manter a pele segura dos raios nocivos do sol. No entanto, além do uso desse produto, há outras maneiras de se proteger dos danos causados pela exposição solar. Uma delas é ter uma dieta balanceada. Um estudo publicado no National Center for Biotechnology Information (NCBI) sugere que a ingestão de alimentos ricos em carotenóides, vitaminas C e E, e polifenóis pode fornecer proteção contra os efeitos dos raios UV. Veja a seguir quais alimentos são esses e como eles podem lhe ajudar a se prevenir dos danos causados pela exposição ao sol.

2. Tomate

Além de ser um alimento pouco calórico, o tomate possui uma substância essencial para a proteção contra os raios UV: o licopeno. Caratenóide que dá a cor avermelhada ao tomate, o licopeno é um antioxidante que ajuda a impedir e reparar os danos causados às células pelos radicais livres — que são formados devido à superexposição ao sol. A cada 100 gramas de tomate há, em média, 3,31 mg de licopeno. Desse modo, quanto maior a concentração da fruta em uma refeição, maior o teor dessa substância e os benefícios por ela proporcionados. Vale ressaltar que a absorção do licopeno é maior quando o tomate é cozido. Quando um alimento é preparado dessa maneira, as suas paredes celulares se rompem, facilitando o contato dos nutrientes com a mucosa intestinal.

3. Salmão

Presente nos peixes de águas profundas, como o salmão, o ômega-3 mantém uma camada de gordura saudável sob a pele. Assim, ele impede que os raios solares provoquem danos à epiderme e ainda a deixa mais macia. Outro benefício do consumo da substância é que ela auxilia na diminuição dos níveis de triglicerídeos e aumenta os índices do colesterol bom (HDL).

4. Cenoura

Como o tomate, a cenoura possui uma substância caratenóide que é responsável por sua cor alaranjada. Chamada de beta-caroteno, ela melhora o desempenho da retina e previne os danos causados pelos raios do sol. Além disso, um estudo coreano revelou que o beta-caroteno pode também reverter o processo de envelhecimento da pele. Nele, mulheres receberam uma dose diária de 30 miligramas da substância (o equivalente a seis cenouras) por três meses. Os cientistas notaram que as voluntárias apresentaram um aumento na proteção contra o enrugamento prematuro da pele e ainda tiveram suas células reparadas. A cenoura também é uma fonte de minerais, fibras dietéticas e antioxidantes lipossolúveis. Este último neutraliza os radicais livres e ainda aumenta a eficácia do sistema imunológico.

5. Aspargo

O aspargo possui um dos antioxidantes mais importantes das células: a vitamina E. Também chamada de tocoferol, ela auxilia no metabolismo do fígado, no funcionamento do sistema imunológico e, principalmente, na cicatrização da pele. Isso acontece, pois a vitamina E promove a formação de fibras de colágeno. Muito utilizada em cosméticos, a substância age como hidratante, lubrificante e regenerador da pele.

6. Batata doce

Como a cenoura, a batata doce também possui a cor alaranjada devido ao beta-caroteno. Por ser um antioxidante, além de proteger a pele dos raios solares, essa substância também auxilia na obtenção do bronzeamento. A explicação para isso é que quando o beta-caroteno entra no organismo, ele se transforma em vitamina A, o que auxilia na formação da melanina. Os outros benefícios da substância são: aumento na elasticidade da pele, no brilho dos cabelos e no fortalecimento das unhas.

7. Chocolate amargo

O chocolate é considerado amargo quando, pelo menos, 65% de sua composição é feita de cacau — e este possui flavonóides, uma substância importante para prevenir os danos causados pelos raios solares. Os flavonóides têm capacidades anti-inflamatórias, anti-alérgicas e anti-hemorrágicas. Além disso, são responsáveis pelo aumento da resistência capilar e pela absorção da vitamina C. Contudo, sua ação mais importante é a antioxidante. Assim, devido à essa grande quantidade de cacau, o consumo desse tipo de chocolate pode ser benéfico para quem quer proteger a pele.

8. Chá verde

Popular em dietas, o chá verde tem benefícios que vão além da perda de peso. Ele é rico em polifenóis, um antioxidante natural que fornece proteção contra raios UV. Um polifenol muito presente no chá verde é o flavonoide (mesma substância encontrada no cacau).

9. Kiwi

O kiwi possui uma grande quantidade de vitamina C — mais do que a laranja. Como essa substância auxilia na produção natural do colágeno (uma proteína que proporciona a firmeza da pele), ela é essencial para evitar o envelhecimento da epiderme. A vitamina C também tem ação antioxidante e, por isso, protege a pele contra a degradação do colágeno causada pelos radicais livres.

Texto: Marina Demartini

Fonte: Exame.com