Lake Vilas Charm Hotel


Blog

Brasil bate recorde de transplante de órgãos no primeiro semestre

28 de setembro de 2018

Segundo os dados divulgados pelo Ministério da Saúde, foram 1.765 doadores até junho. Um crescimento de 7%, comparado ao mesmo período do ano passado.

O Ministério da Saúde apresentou, nesta quinta-feira (27/9) — Dia Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos —, o balanço de transplantes em 2018. A pasta também lançou uma campanha de incentivo à doação.

Segundo os dados divulgados pela pasta, o Brasil aumentou a doação de órgãos e bateu recorde em transplantes no primeiro semestre de 2018. Foram 1.765 doadores. Um crescimento de 7% comparado ao primeiro semestre do ano passado. Os dados são de todas as unidades da Federação.

Roraima e Tocantins realizaram, pela primeira vez, doações de órgãos. A meta do Ministério da Saúde é alcançar 17 doadores efetivos por milhão. A lista de espera apontou uma redução de 6%. As doações, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), correspondem a 96%.

O slogan da Campanha Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos desse ano é “Espalhe amor. Doe órgãos”. O objetivo é “mostrar a importância de se falar mais sobre doação para manter o tema em evidência é assim ‘espalhar’ a discussão na sociedade, principalmente entre familiares”, informou a pasta.

O ministro interino da saúde, Adeílson Cavalcante, ressaltou a importância do SUS para a política de doação de órgãos e de transplantes. “Temos que ter um SUS eficiente e solidário”, enfatizou. E pediu que a sociedade acredite na evolução do sistema. “Temos febre amarela, sim, mas temos a maior produção de vacinas contra a doença.”

Texto: Marília Sena

Fonte: Correio Braziliense

Portal Lake Vilas Charm Hotel & SPA