Lake Vilas Charm Hotel


Blog

Como manter a positividade em situações difíceis

22 de março de 2018

hand shows the sign OK through the torn paper

Muito provavelmente você já deve ter passado por um daqueles momentos em que você fica pensando: “Caraca, porque as coisas estão dando tão errado?”. Pode ser a promoção que você não conseguiu, o carro que estragou, brigou com alguém da família ou do trabalho, as contas que estão difíceis de pagar ou o filho que não está indo bem na escola. Todos nós temos dificuldades na vida. Ninguém escapa de momentos atribulados. A questão é como você lidando com eles?
Nossa tendência natural nesses momentos é começar a lamentar o ocorrido, reclamar, agir como uma vítima da situação. Isso acaba fazendo entrarmos num espiral de negatividade que muitas vezes acaba sendo difícil de sair.

Por exemplo, vamos supor que você esteja tentando emagrecer. Faz quinze dias que você está firme na dieta e nos exercícios físicos. Até que um dia chega alguém em casa com uma pizza gigante e bem recheada que só de olhar e sentir o cheirinho começa a dar água na boca. Claro, você não resiste e manda ver na pizza também. Chega no dia seguinte você come mais um pedacinho que sobrou e já aproveita e toma um refrigerante também. Chega à noite e já está de volta nos doces. Então passa uma semana quando você finalmente percebe que voltou aos seus hábitos antigos de alimentação inadequada. Então começa a bater aquele sentimento negativo da falha. Você pensa “Eu não consigo. Não tenho força pra isso. É difícil demais pra mim. Nunca vou perder peso. A culpa foi da minha irmã que trouxe aquela pizza.”. Então vêm um mês de depressão e lamentação em que você procura conforto na comida comendo mais ainda do que já comia antes e, óbvio, só piora a situação.

Se você é assim, quero propor uma alternativa emocionalmente mais saudável e que trará melhores resultados e felicidade para sua vida. Obviamente não é se livrar dos problemas pois eles sempre vão estar lá. As pizzas vão continuar tentando suas dietas quando você menos queria que elas aparecessem. Mas o que você pode fazer é mudar a perspectiva de como você analisa e reage aos problemas adotando um viés positivo.

Primeiro você coloca o que deu errado no passado. Ok, comi errado, paciência, foi uma recaída e não tenho como mudar isso. Mas posso mudar daqui pra frente.

Segundo, assuma a responsabilidade. Não adianta agir como vítima colocando a culpa em quem trouxe a pizza. A responsabilidade é sua e só sua por ter comido. Poderia ter dito não. Reconheça isso.

Por fim, passe a encarar o ocorrido como uma oportunidade de aprendizado. Porque me deixei levar? Como posso melhorar da próxima vez para não acontecer de novo? Essas são perguntas muito mais positivas do que ficar se martirizando achando que nunca vai conseguir.

Em resposta a esse tipo de pergunta você pode acabar surgindo com uma estratégia melhor para a próxima vez. Por exemplo, você pode concluir que quando surgir uma nova tentação fora da dieta, o que você vai fazer é ir correndo no banheiro, se olhar no espelho e perguntar para si mesmo “O que é mais importante, a pizza ou emagrecer?”. Só vai sair dali até ter se perguntado e respondido por tantas vezes que emagrecer é mais importante que, quando sair, vai enxergar aquela pizza como o pior dos alimentos a ponto de sentir um enjoo só de sentir o cheiro.

Essa é uma forma totalmente diferente de encarar a realidade. É enxergar os seus problemas e dificuldades como uma oportunidade de aprendizado sem se deixar cair na comodidade de ficar reclamando da situação como se não tivesse solução e como se você não pudesse fazer nada para melhorar. Em resumo, deixando a negatividade de lado, assumindo a responsabilidade e encarando as coisas de forma mais positiva, você irá se sentir mais forte emocionalmente e mais capaz de enfrentar os desafios da sua vida.

Texto: redação.

Fonte: saudeemalta

Lake Vilas Charm Hotel & Spa.