Lake Vilas Charm Hotel


Blog

Conheça a nova técnica de rejuvenescimento facial

23 de março de 2018

naom_58236b2239657

Uma nova técnica de rejuvenescimento promete reverter os sinais do tempo levando em conta o que a mulher mais gostaria de mudar em relação à própria imagem.

O MD Codes Visionary (sigla para códigos médicos visionários, em inglês) é uma evolução apresentada em agosto de 2017 do MD Codes, desenvolvido no ano anterior. Para o cirurgião plástico brasileiro Maurício de Maio, criador dos dois métodos, mais que preencher rugas, o importante é focar no que ele define como mensagens emocionais do rosto.

De acordo com a reportagem da ‘Claudia’, um mapeamento da face identifica os sinais responsáveis pelo que se vê no espelho. Esse desenho ajuda a compreender quais áreas estão interferindo positiva ou negativamente na expressão facial.

Os vincos ao redor da boca, acabam dando a ideia de tristeza. Isso porque eles puxam a expressão para baixo. Olhos caídos demonstram esgotamento ou infelicidade. O aspecto de cansaço se corrige com maior sustentação na região malar – a intervenção pode proporcionar um visual mais relaxado.

Especialistas respondem às dúvidas mais comuns sobre o novo procedimento. Confira:

1.Como é aplicado?

O ácido hialurônico e a toxina botulínica são injetados nos pontos de ancoragem identificados pelo médico. “Não é um preenchimento direto na ruga. A intenção é recuperar volume de forma global e profunda”, diz Juliana. É rápido, realizado em consultório e apresenta resultado imediato. Diferentemente de uma cirurgia plástica, não demanda período de recuperação.

2.O resultado é mais natural que o da cirurgia plástica?

O MD Codes Visionary aumenta as chances de se obter um resultado sutil graças à marcação de pontos-chave. “Há variações anatômicas que precisam ser levadas em conta”, ressalta Murilo. O procedimento pode evitar uma cirurgia plástica, adiar sua realização ou até mesmo ser associado a ela, dependendo da indicação individual.

3. O procedimento dói?

Pode gerar algum desconforto, que é amenizado com anestesia tópica. “A substância injetada também tem anestésico, o que ajuda a suportar qualquer dor”, explica Juliana.

4.Qual a indicação?

Pessoas que buscam harmonização facial e desejam corrigir mais do que um detalhe, como flacidez, de leve a moderada, amenizar a aparência de rugas e linhas de expressão e recuperar o volume.

5.Pode ser feito em qualquer idade?

Depende do tipo de indicação. Contra o envelhecimento, em geral, o ideal é a partir dos 35 anos.

6.Existem contraindicações?

Evita-se em pessoas que tenham doenças autoimunes, lesões de pele ativas ou que estejam grávidas. Como qualquer procedimento, a técnica deve ser realizada por um médico capacitado e especializado.

7.Quanto custa?

O preço varia de 2 mil a 16 mil reais, dependendo do número de ampolas usadas.

Texto: redação.

Fonte: noticiasaominuto.com

Hotel Lake Vilas Charm Hotel & Spa.