Lake Vilas Charm Hotel


Blog

Conheça mitos e verdades sobre as temidas estrias

21 de outubro de 2017

pernas 2

Elas são o ‘flagelo’ da mulher moderna. Dez entre dez mulheres fazem qualquer negócio para ficar longe dos ‘marquinhas’ esbranquiçados que surgem principalmente nas coxas, glúteos, barriga e seios.

Mas, para combater de vez as estrias o primeiro passo é conhecer o que é verdade e o que é mentira sobre o assunto. No desespero para evitar ou se livrar do problema, muitos mitos acabam disseminados entre a mulherada, que não pensa duas vezes antes de tentar uma nova ‘receitinha’.

Roupa apertada, pele desidratada e refrigerante são tidos como os maiores causadores das temidas estrias. Mas, ao contrário do que muita gente acredita, eles interferem muito pouco (ou quase nada) na aparição dessas marcas. Muitos cremes e tratamentos que prometem acabar de vez com elas, na maioria das vezes, também não surtem efeitos satisfatórios.

Para acabar de vez com o aparecimento das estrias e suavizar aquelas que já estão presentes no corpo, o dermatologista Cesar Cuono esclarece os mitos relacionados às marquinhas. Confira:

As estrias aparecem quando engordamos ou crescemos. Verdade: Se você esticar um elástico além de seu limite máximo, ele se rompe. É exatamente o que ocorre com as fibras elásticas da pele. O crescimento é maior do que a pele pode suportar, surgindo as listras.

Refrigerante causa estria. Mentira: Refrigerante pode contribuir com o aumento de peso, o que pode gerar o aparecimento das estrias. Mas não existe nenhuma ligação direta entre os dois.

Estrias são cicatrizes da pele: Verdade: A estria nada mais é do que a ruptura de fibras elásticas, o que leva a uma cicatriz atrófica (sem a costura feita a partir de pontos).

Roupas apertadas causam estrias: Mentira: A roupa apertada não é capaz de romper as fibras da pele, problema que causa as estrias. Nem a história que calcinhas de tira colaboram com o aparecimento das estrias é verdadeira. As roupas não possuem nenhum poder no que diz respeito à formação dessas cicatrizes.

Há tratamentos que fazem as estrias desaparecerem: Mentira: A única coisa que conseguimos fazer é deixar as marcas menos visíveis, usando cremes ou aplicações de laser. A melhor solução sempre é prevenir.

Estrias escuras são mais fáceis de tratar: Verdade. Estrias escuras são cicatrizes que ainda não estão totalmente formadas (as fibras romperam e o vermelho indica que há sangue circulando fora dos vasos). Mas, é importante procurar um tratamento assim que elas apareçam, caso contrário, a dificuldade será a mesma.

Pele desidratada é sinal de formação de estrias: Mentira. Quando a pele está desidratada ela fica com um aspecto feio e isso pode colaborar para que as estrias fiquem ainda mais aparentes. Mas de nenhuma forma isso interfere na ruptura das fibras.

Peeling ajuda a suavizar as estrias: Verdade. Os peelings químicos possuem uma formulação que provoca uma leve esfoliação na pele. Essa ação estimula a microcirculação da região afetada e forma novas fibras de colágeno, que ajudam a suavizar as marcas já existentes.

Uma alimentação balanceada ajuda no combate as estrias: Verdade. Uma alimentação saudável é sinal de corpo em forma e o principal responsável pelo aparecimento das estrias é o ganho acelerado de peso.

Grávidas têm mais chance de formar estrias: Verdade. Como a pele estica muito, principalmente na região dos seios e barriga, é possível que aconteça uma ruptura das fibras. O ideal é usar cremes de prevenção e não engordar além do limites da gravidez (o ideal é engordar no máximo 12 quilos).

Texto: Redação

Fonte: Minha Vida, Alimentação e Saúde

Lake Vilas Charm Hotel & SPA