Lake Vilas Charm Hotel


Blog

Dor de cabeça contínua: Harvard ensina 4 técnicas eficazes para prevenir e tratar

4 de junho de 2019

Se você já teve uma dor de cabeça, sabe que isso pode arruinar o seu dia. Dor de cabeça tensional é um dos tipos mais comuns que atrapalha muitas pessoas: afeta um quinto da população, toda semana.

É descrito como a sensação de ter uma faixa apertada na cabeça, de acordo com a Mayo Clinic. Embora essa dor raramente enfraqueça o paciente, isso pode interferir no desenvolvimento normal das atividades do dia.

Dor de cabeça tensional: o que causa?

É descrito como uma dor difusa, leve a moderada, nunca intensa e contínua, que os pacientes descrevem como a sensação de ter um objeto exercendo pressão sobre o crânio.

Essa pressão é sentida principalmente nas laterais e na testa, embora também possa aparecer na parte de trás da cabeça. Isso pode ser intensificado quando a pressão é aplicada ao couro cabeludo, pescoço ou ombros.

Dores de cabeça de tensão são divididas em duas categorias: episódica e crônica. Os episódios ocorrem menos de 15 dias por mês em um período mínimo de três meses. Se elas são crônicas, aparecem por mais de 15 dias por mês e podem até ser contínuas. Dor de cabeça de tensão de qualquer tipo pode durar até uma semana.

Embora esse tipo de dor de cabeça seja um dos mais comuns, suas causas ainda não são totalmente compreendidas.

Atualmente, defende-se a teoria de que as pessoas que sofrem dessas dores têm uma sensibilidade exacerbada à dor, dado que um sintoma comum que coexiste com o incômodo é o aumento da dor muscular, que pode ser devido a um sistema de dor mais sensível.

O estresse é o gatilho mais comum para dores de cabeça tensionais.

Como prevenir e tratar a cefaleia tensional

Se você tiver dores de cabeça mais de duas vezes por semana, Harvard informa que, além de consultar um médico, deve tentar estas estratégias:

Durma o suficiente, mas não mais do que a conta. Não pule as refeições e tente desacelerar seu estilo de vida para evitar o estresse e a fadiga. Não fume e limite o consumo de álcool, cafeína e açúcar.

Relaxe. Não apenas no sentido geral da palavra. Confie em técnicas de relaxamento para liberar os músculos por todo o corpo e liberar o estresse, bem como evitá-lo. Sente-se ou deite-se em um lugar calmo, feche os olhos e concentre-se em cada uma das partes do corpo. Também relaxe sua respiração no processo.

Participe de sessões de biofeedback. Biorregulação (ou biofeedback) é uma técnica que ajuda a evitar dores de cabeça no futuro. Faça um treinamento para administrar a dor. Durante uma sessão de biorregulação, você será conectado a alguns dispositivos que fornecem informações sobre o estado do seu corpo. Você aprende a reduzir a tensão muscular e a diminuir conscientemente a frequência cardíaca.

Faça terapia. As terapias de conversação, especialmente a terapia comportamental cognitiva, são uma técnica eficaz para controlar o estresse e preveni-lo, e com ele as dores de cabeça.

Texto: Paulo Nobuo

Fonte: Vix

Notícias: Lake Vilas Charm Hotel & SPA