Lake Vilas Charm Hotel


Blog

Esteticista apresenta peeling nuclear e amplia proteção ao envelhecimento celular

31 de maio de 2019

Tecnologia da NASA tem ação proativa e dinâmica no envelhecimento das células.

A busca por cuidados com a saúde e qualidade de vida é uma crescente entre a população – hoje mais receptiva e atenta – que vivencia oportunidades reais de longevidade ativa e dinâmica. Além da busca pessoal por hábitos saudáveis de alimentação e atividade física, a área de estética pode ter um papel decisivo para ampliar a proteção ao envelhecimento, atuar preventivamente e criar condições de evolução etária cercada de mais cuidados com o corpo.

Na busca por uma estética de resultados na área de proteção às células, a esteticista Luciana Ápplim associou seu conhecimento a novas informações sobre métodos, tecnologia e inovação, e traz para Adamantina o peeling nuclear, desenvolvido com o que há de mais moderno, completo e inovador em sistema para a proteção ao envelhecimento celular.

Segundo Luciana, os estudos e tecnologias da NASA permitem a aplicação de uma molécula encontrada no espaço sideral composta por 60 átomos de carbono – chamada de folearemos  – que protegem a pele do envelhecimento, atuando diretamente na fabricação de colágeno.

Ela explica que os fulerenos são compostos espaciais com excepcional atividade antioxidante, capazes de realizar uma varredura contra a ação degradante dos radicais livres que desgastam e danificam toda a estrutura dérmica.

Com isso, o peeling nuclear em uma atuação 57 vezes mais potente que a vitamina C, elimina e desintoxica radicais livres, promove uma atividade citoprotetora contra a radiação UVA, tem ação anti-inflamatória e é um agente carreador para ingredientes ativos.

Desenvolvido com tecnologia espacial, para o rejuvenescimento cutâneo, a técnica propicia firmeza, elasticidade, regeneração de colágeno, propicia máxima carga carbônica com ação antioxidante, promove uma varredura de radicais livres, fortalece a rede colágena e tem máxima energia com ação antienvelhecimento.

A Tecnologia Minero Amino Ativação, presente no peeling nuclear, traz a associação de cobre + lisina + prolina, que são os principais aminoácidos do colágeno, essenciais para uma pele lisa e elástica.

De acordo com Luciana, a partir desta tecnologia, tem-se a estimulação da Coenzima NAD + que vai ativar as sirtuínas fazendo com que aumente a longevidade celular, tudo isso com a Tecnologia da NASA. “As sirtuínas compõem uma família de enzimas de grande importância, pois sua atuação está ligada ao aumento do tempo de vida e ao envelhecimento saudável”, completa.

Texto: Redação

Fonte: Siga Mais

Notícias: Lake Vilas Charm Hotel & SPA