Lake Vilas Charm Hotel


Blog

Peeling íntimo é novo método para clarear a área genital; saiba como funciona

16 de janeiro de 2018

img_1_34_3983

Com o passar do tempo, as rugas e as linhas de expressão começam a denunciar a idade. Os primeiros sinais do envelhecimento vêm acompanhados de redução das fibras de sustentação, flacidez e, principalmente, ressecamento da pele. Mas não é apenas a face que sofre com isso, outras regiões também são afetadas, como a área genital, que fica mais flácida, rugosa e escurecida, podendo afetar a vida sexual e a autoestima da mulher.

A boa notícia é que existem vários procedimentos que podem tratar ou minimizar os sinais do envelhecimento genital. A estética íntima pode ser melhorada com a ajuda de exercícios vaginais, cirurgia íntima, clareamento da região e aplicação de substâncias que estimulam a produção de colágeno. Há ainda o peeling íntimo, um novo tratamento que promete eliminar o escurecimento da área genital.

Como e onde é feito?

A dermatologista Fernanda Nassar, da clínica estética Priscila Palazzo, explica que as pacientes precisam fazer um preparo da pele em casa antes de se submeter ao tratamento. Para isso, o médico prescreve uma fórmula com ácidos que deve ser usada durante a noite. Esse pré-tratamento ajuda a descamar a pele e tornar o peeling mais eficaz.

Nas sessões de peeling, feitas em consultório, o profissional aplica uma combinação de diferentes ácidos, que são escolhidos de acordo com o tipo e cor da pele, além de fatores que a mulher deseje amenizar, como foliculite (inflamação dos folículos pilosos ) e cicatrizes, por exemplo. Alguns exemplos são os alfa-hidroxiácidos e os ácidos mandélico, retinoico e glicólico. O tratamento completo inclui de 5 a 6 sessões, cada uma de aproximadamente 30 minutos.

O procedimento só pode ser feito em áreas revestidas por pele, e não mucosa, como a virilha, o monte de vênus, a parte exterior dos grandes lábios e a área perianal.

Os ácidos aplicados na pele agem de diferentes maneiras: a descamação melhora manchas, escurecimento da pele, estimula o colágeno – o que dá mas firmeza para a região – e ainda causa uma leve retração da pele, dando firmeza e diminuindo o aspecto de rugosidade.

Cuidados

Durante o tratamento, a mulher deve usar roupas largas e arejadas, dormir sem calcinha, usar roupas íntimas de algodão e evitar depilações. Além disso, é preciso usar um creme clareador noturno em casa, fazer boa higiene e hidratação.

Se a mulher estiver com alguma infecção ou DST, é preciso antes resolver o problema de saúde. Caso a mulher esteja com áreas bronzeadas, o tratamento pode escurecer ainda mais a pele.

Preço

Segundo cotação feita pelo site Bolsa de Mulher em setembro deste ano, o procedimento completo, que costuma durar 6 sessões, custa em de R$ 1.500 a R$2.500, mas pode variar ainda mais dependendo de cada clínica.

Texto: Redação

Fonte: Bolsa de Mulher

Lake Vilas Charm Hotel & Spa