Lake Vilas Charm Hotel


Blog

Prevenção das doenças mais comuns no verão

28 de outubro de 2017

verão
O verão exige cuidados redobrados com algumas doenças típicas desta época do ano, como a desidratação, a insolação e a intoxicação alimentar. As altas temperaturas do Brasil fazem com que as pessoas se exponham com mais frequência a ambientes abertos e coletivos, como clubes e praias, onde elas podem facilmente enfrentar uma perda rápida de líquidos corporais, podem se alimentar de forma inadequada e deixar de hidratar o organismo.

Nestas condições, o ideal é ficar atento e adotar posturas preventivas para evitar cada uma das doenças mais comuns do verão. Os cuidados com a saúde devem fazer parte da rotina de todas as pessoas, inclusive durante as férias.

Confira algumas dicas para se prevenir contra a ocorrência das doenças mais frequentes em condições de calor extremo:

Desidratação – Este problema é muito comum no verão brasileiro em razão das temperaturas elevadas. A desidratação é caracterizada pela perda excessiva de líquidos e de sais minerais do organismo, seja pelo suor, pela urina ou por problemas como diarréias e vômitos.

Os principais sintomas da desidratação são a boca seca, muita sede e olhos ressecados. Para evitar o problema, as pessoas devem usar roupas leves, ingerir bastante água e sucos, consumir alimentos comprovadamente frescos e dentro do prazo de validade e ficar em lugares com sombras em clubes e praias.

Uma boa alternativa para combater a desidratação é apostar na administração do soro caseiro, que deve ser preparado com um litro de água, uma colher de chá de açúcar e uma colher pequena de sal. O soro precisa ser bebido pela pessoa desidratada a cada 20 minutos. Para os casos mais graves de desidratação, a recomendação é buscar ajuda médica o mais rápido possível.

Insolação – A insolação também é típica dos dias mais quentes do verão brasileiro. Ela é provocada pela exposição prolongada ao sol. Os sintomas mais comuns são dor de cabeça, tonturas, pele avermelhada e náuseas. Em alguns casos a insolação pode vir acompanhada de desidratação, o que torna o problema mais sério. As medidas preventivas incluem evitar a exposição ao sol entre 10h e 16h, tomar bastante água, não realizar atividades físicas sob o sol e usar protetor solar diariamente.

Intoxicação Alimentar – Esta doença é comum principalmente nas praias brasileiras, onde os turistas comem muitos alimentos dos quais não conhecem a procedência. Ao ingerir comidas preparadas sem higiene e que ficam em condições de conservação inadequadas, as pessoas correm o risco de desenvolver uma intoxicação alimentar. Os sintomas são diarréia, vômitos, náuseas, dores de cabeça, calafrios, desidratação e febre. Selecionar e conservar bem os alimentos são atitudes que previnem a doença.

Texto: Redação

Fonte: Saúde Controle

Lake Vilas Charm Hotel & SPA